Alinhamento

Ministro da Educação discute ações com superintendentes dos hospitais

qua, 30/05/2018 - 18:05
Ministro destacou a atuação integrada dos hospitais, da Ebserh e do MEC nos últimos dias. Foto:André Nery/MEC Ministro destacou a atuação integrada dos hospitais, da Ebserh e do MEC nos últimos dias. Foto:André Nery/MEC

Encontro tratou dos impactos da paralisação dos caminhoneiros nas unidades e a negociação do novo ACT

Brasília (DF) - O ministro da Educação, Rossieli Soares, se reuniu nesta quarta-feira (30) por videoconferência com os superintendentes de todos os hospitais universitários federais filiados à Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh). A iniciativa marcou o primeiro encontro do ministro com os gestores das unidades e teve como pautas os impactos da paralisação dos caminhoneiros nas unidades e a negociação do novo Acordo Coletivo de Trabalho (2018-2019) da Ebserh.

O ministro destacou a atuação integrada dos hospitais, da Ebserh e do MEC nos últimos dias. A estatal instalou um Comitê de Crise na sede, que tem recebido informações dos superintendentes em tempo real e atuado junto ao MEC na solução dos problemas. Já foi possível articular a escolta de caminhões para diversas unidades e manter a situação sob controle em todas as unidades, sem riscos à segurança dos pacientes.

“Colocamos a estruturas do governo federal à disposição para minimizar os impactos da paralização. Me coloquei pessoalmente à disposição para dar suporte a cada uma das necessidades dos nossos hospitais”, comentou.

Sobre a negociação do novo ACT, o ministro se colocou à disposição visando entender as demandas e contribuir com o acordo da melhor forma possível. “É importante que possamos continuar negociando nas melhores condições possíveis e encontrarmos uma solução para o acordo”, analisou.

Sobre a Ebserh

Vinculada ao Ministério da Educação, a Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh) administra atualmente 40 hospitais universitários federais. O objetivo é, em parceria com as universidades, aperfeiçoar os serviços de atendimento à população, por meio do Sistema Único de Saúde (SUS), e promover o ensino e a pesquisa nas unidades filiadas.

A empresa, criada em dezembro de 2011, também é responsável pela gestão do Programa Nacional de Reestruturação dos Hospitais Universitários Federais (Rehuf), que contempla ações em todas as unidades existentes no país, incluindo as não filiadas à Ebserh.

Fonte
Coordenadoria de Comunicação Social da Ebserh
Região centro-oeste
Ebserh Sede
Release