Melhorias

Hupes comemora 70 anos com inaugurações e realização de congresso multiprofissional

qui, 22/11/2018 - 19:06

Hospital passa a ter nova UTI Pediátrica, amplia os serviços de ecografia e leitos para pacientes com leucemia

Hupes comemora 70 anos com inaugurações e realização de congresso multiprofissional

Salvador (BA) – O Hospital Universitário Professor Edgard Santos (Hupes) deu início nesta quarta-feira (21) às comemorações dos 70 anos da unidade. A data foi marcada por varias inaugurações, para melhorar a assistência à população, e a realização do II Congresso do Complexo Hupes, beneficiando o ensino e a pesquisa.

A abertura do evento foi realizada na noite desta quarta (21), teve como foco homenagear personalidades que contribuíram para a valorização institucional, social e acadêmica do Hupes, com a entrega da “Medalha Professor Roberto Santos”. O presidente da EBSERH, Kleber Morais, foi um dos homenageados, e representou o ministro da Educação, Rossieli Soares. Em seu pronunciamento, o presidente destacou o relevante apoio dado pelo então ministro da Educação, Mendonça Filho, no período em que esteve à frente do MEC, e a manutenção desse apoio através do atual ministro, Rossieli. “Não conseguiríamos manter este e os outros 39 hospitais universitários federais que compõem a nossa Rede EBSERH, sem o comprometimento e o apoio dos nossos ministros. A contratação de pessoal que foi realizada pela Ebserh desde que o Hupes entrou para a Rede, foi imprescindível para a ampliação dos serviços prestado e consequente melhoria no atendimento à população e nas condições de estudo oferecidas aos profissionais de saúde que passam por esta unidade”, declarou.

Atendimento

Nesta quarta (22), foram entregues seis serviços. Um deles foi a abertura da Unidade de Tratamento Intensivo Pediátrica, que conta com 10 leitos para atender uma população de 0 a 17 anos, absorvendo uma demanda reprimida na região.

Também foi entregue a reforma e compra de novos materiais para os serviços de ecografia, dopler vascular e transesofágico, para pacientes da área de cardiologia e vascular, a reforma de uma das unidades de internação, com 14 leitos para atender pacientes com leucemia aguda e outras condições hematológicas graves e fatais, além da reforma e ampliação da unidade de processamento de material esterilizado.

Para mais conforto e comodidade dos pacientes, também foi entregue uma nova recepção e espaço de coleta no Laboratório de Análises Clínicas e uma passarela que interliga os três prédios do Complexo, facilitando o fluxo de serviços, incluindo o transporte de pacientes.

A responsável pela UTI Pediátrica, Dra. Carolina Amoretti, reforçou a importância da abertura destes serviços para a região, principalmente em um hospital com características de assistência e ensino.

“Conseguir oferecer estes leitos, em um hospital de excelência, com ótimos profissionais, para atender e também ensinar, é uma oportunidade sem igual”, analisou.

Ensino e Pesquisa

Em sequência, com atividades para esta quarta e quinta, deu-se início ao II Congresso do Complexo Hupes, com uma vasta programação para os 1500 inscritos, entre usuários, estudantes e profissionais de diversas áreas. Com o tema “A importância da assistência multiprofissional na saúde”, o evento tem como premissa ser um momento inclusivo e de construção coletiva, visando criar um ambiente de discussão ampliada entre os diferentes membros de sua comunidade, favorecendo um cuidado integral, humanizado e de qualidade aos pacientes.

“Só tenho a agradecer a toda nossa equipe que faz deste Hospital ser essa referência de qualidade no serviço público para os baianos”, enfatiza o superintendente da unidade, Antônio Carlos Lemos.

Presente nas atividades, o Secretário Estadual da Saúde da Bahia, Fábio Vilas Boas, destacou a importância da Ebserh para o Hupes e também para os outros hospitais universitários. “Somente com a Ebserh é possível manter os hospitais universitários. A estatal hoje é fundamental na gestão por ter grande responsabilidade nas melhorias e no funcionamento destas unidades”, destacou.

História

O Hupes é um Hospital de ensino que recebe todos os anos mais de 3 mil alunos de graduação. Por ano, são aprovados, em média, 90 projetos de pesquisas. Possui 37 programas de residências médicas e 8 multiprofissionais que atuam nas áreas da psicologia, odontologia, fisioterapia, fonoaudiologia, enfermagem, nutrição, farmácia e serviço social. Em 2018 ingressaram no Programa 309 médicos residentes e 46 residentes multiprofissionais lato sensu, além de 104 alunos de mestrado e doutorado.

É referência na Bahia em média e alta complexidade com atendimento 100% SUS. Atualmente possui 277 leitos e atende as mais de 46 especialidades médicas. Em 2017, realizou aproximadamente 2 milhões de procedimentos diagnósticos e consultas, 768 mil exames, 3694 cirurgias de média e alta complexidade e 8620 internações.

São inúmeras áreas com atendimento especializado e único no estado, dentre os quais destaca-se a Oncohematologia, sendo o único hospital público do estado a realizar transplantes de medula óssea.

Sobre a Ebserh

Desde dezembro de 2013, o Hupes-UFBA faz parte da Rede Ebserh. Vinculada ao Ministério da Educação, a Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh) atua na gestão de hospitais universitários federais. O objetivo é, em parceria com as universidades, aperfeiçoar os serviços de atendimento à população, por meio do Sistema Único de Saúde (SUS), e promover o ensino e a pesquisa nas unidades filiadas.

A empresa, criada em dezembro de 2011, administra atualmente 40 hospitais e é responsável pela gestão do Programa Nacional de Reestruturação dos Hospitais Universitários Federais (Rehuf), que contempla ações em todas as unidades existentes no país, incluindo as não filiadas à Ebserh.

Fonte
Coordenadoria de Comunicação Social da Ebserh
congresso
realização
inaugurações inauguração
multiprofissional