Especialização

Abertas as inscrições para o Mestrado em Gestão e Inovação em Saúde

qua, 06/03/2019 - 17:18

Podem se candidatar até 31 de março funcionários da Rede Ebserh com nível superior

Foto: O curso possui como linhas de pesquisa “Ensino na Saúde”, “Governança”, “Políticas Públicas” e “Tecnologia em Saúde”. Imagem ilustrativa - 123rf.

Brasília (DF) – Estão abertas, até o dia 31 de março, as inscrições para o Mestrado Profissional em Gestão e Inovação em Saúde, uma parceria da Rede Ebserh com a Universidade Federal do Rio Grande do Norte. Serão ofertadas 16 vagas para empregados ou servidores públicos com nível superior que atuam na Rede Ebserh, sendo três vagas para a sede, duas vagas para hospitais da Região Centro-Oeste, seis vagas para o Nordeste, uma vaga para a Região Norte, duas vagas para o Sudeste e duas vagas para hospitais da Região Sul. No caso dos hospitais considerados complexos hospitalares, como é o caso de Curitiba (PR), Fortaleza (CE) e Belém (PA), cada complexo poderá ter no máximo uma vaga preenchida.

O curso possui como linhas de pesquisa: Ensino na Saúde, que visa implementar processos com capacidade de impacto no ensino, na gestão setorial, nas práticas de atenção e no controle social em saúde; Governança, com o objetivo de promover saúde no ambiente organizacional, controlar os custos com assistência médica, orientar a cultura corporativa para a saúde e o bem-estar dos funcionários, e melhorar a motivação e o desempenho no trabalho; Políticas Públicas, que busca construir novos papéis para atenção hospitalar no Sistema de Saúde, além da prestação assistencial propriamente dita, a partir da utilização do referencial da “Promoção da Saúde”; e a linha Tecnologia em Saúde: que visa analisar e discutir as questões relevantes no setor de saúde sob a perspectiva econômica.

Para a coordenadora de Formação Profissional da Rede Ebserh, Caroline Valero, dentre os objetivos do mestrado destaca-se e a formação e capacitação de pessoas para a prática profissional, habilitando o profissional à produção intelectual de impacto social, político e econômico. “Buscamos capacitar profissionais para a aplicação de tecnologias em Gestão e Inovação em Saúde que sejam capazes de diagnosticar, propor e avaliar soluções para problemas no âmbito da saúde, além de gerar de conhecimentos relevantes com aplicabilidade do dia a dia dos hospitais da Rede Ebserh”, pontuou a coordenadora.

Um dos exemplos da aplicabilidade dos projetos de mestrado para alavancar a qualidade dos serviços prestados nos hospitais na Rede Ebserh é o sistema de informação WEBserh, resultado da dissertação da jornalista da Maternidade Escola Assis Chateaubriand, Danielle Campos, que participou da primeira turma. O sistema foi pensado como módulo a ser integrado no aplicativo Mobile da Ebserh, trazendo customização às notícias segundo os interesses do usuário. O produto foi apresentado em um Seminário Internacional de Informação em Saúde e rendeu publicações científicas, além de um capítulo no livro “Gestão e Inovação em Saúde: O que estamos fazendo na Ebserh”, editado pelo programa da UFRN.

“Essa pós-graduação não tem inovação apenas no nome, une profissionais da gestão e da assistência, de hospitais das cinco regiões e diferentes formações. Pudemos desenvolver produtos aplicáveis na melhoria dos resultados da Ebserh, com saúde, gestão e tecnologia andando de mãos dadas e oferecendo soluções práticas desenvolvidos a partir de muita investigação científica. Os produtos de todos os alunos foram constantemente colocados à prova, sempre prezando pela aplicabilidade, inovação e, principalmente, contribuição à ciência, à Ebserh e à sociedade”, comentou a agora mestra Danielle Campos.

A seleção será feita em três etapas, sendo a primeira a avaliação dos anteprojetos, a segunda a defesa de anteprojeto pelos candidatos e a terceira a prova de títulos. O início das aulas está previsto para 22 de julho deste ano. Para mais informações, acesse a página do mestrado.

Sobre a Ebserh

Vinculada ao Ministério da Educação (MEC), a Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh) administra atualmente 40 hospitais universitários federais. O objetivo é, em parceria com as universidades, aperfeiçoar os serviços de atendimento à população, por meio do Sistema Único de Saúde (SUS), e promover o ensino e a pesquisa nas unidades filiadas.

Criada em dezembro de 2011, a empresa também é responsável pela gestão do Programa Nacional de Reestruturação dos Hospitais Universitários Federais (Rehuf), que contempla ações em todas as unidades existentes no país, incluindo as não filiadas à Ebserh.

Fonte
Coordenadoria de Comunicação Social da Rede Ebserh
Ebserh Sede
inscrições