Investimento

Hospital da Rede Ebserh no DF inicia obra de construção de subestações de energia

qui, 03/10/2019 - 11:58

Ação que dobrará capacidade elétrica do HUB-UnB/Ebserh teve lançamento da pedra fundamental nesta quinta, 3

A construção vai dobrar a capacidade elétrica do hospital, que passará de 1,5 para 3 MVA.

Brasília (DF) – Ampliar a capacidade de fornecimento de energia elétrica e garantir mais qualidade no atendimento à população. Esse é o objetivo da construção de novas subestações de energia no Hospital Universitário de Brasília, vinculado à Universidade de Brasília e à Rede Ebserh (HUB-UnB/Ebserh). O projeto prevê uma subestação central e duas menores, além da reforma e adaptação de outras três já existentes que, por serem antigas, precisam ser modernizadas. São R$ 15,6 milhões de investimentos do Programa Nacional de Reestruturação dos Hospitais Universitários Federais, gerido pela Ebserh.

Para marcar o início da construção, o HUB realizou um evento de lançamento da pedra fundamental com a placa da obra. Presente no evento, o presidente da Rede Ebserh, Oswaldo Ferreira, reforçou que iniciativas como essa fazem parte da atuação da estatal vinculada ao Ministério da Educação (MEC). “A Ebserh existe para ajudar, para criar as melhores condições para que os hospitais cumpram com sua tarefa da melhor maneira possível. E esse é o objetivo dessa obra”, disse.

A construção vai dobrar a capacidade elétrica do hospital, que passará de 1,5 para 3 MVA. As novas subestações serão mais modernas e confiáveis e possibilitarão ampliar a infraestrutura do hospital. As subestações também contam com um sistema de supervisão, que permitirá um monitoramento online e 24 horas, reduzindo possibilidades de falhas. O projeto prevê, ainda, a implantação de novos geradores elétricos, que vão garantir a cobertura de todo o hospital em caso de falta de energia. Os geradores atuais abastecem apenas as áreas críticas.

“Com as novas subestações, poderemos investir em melhorias e novas estruturas para cumprir nosso objetivo final, que é prestar assistência para formar pessoas”, afirmou a superintendente do HUB, Elza Noronha. “As faculdades acompanham a gestão do hospital muito de perto e estamos muito satisfeitos porque poderemos planejar também o ensino, que depende de infraestrutura”, acrescentou o diretor da Faculdade de Medicina da UnB, Gustavo Romero.

A previsão é a obra que seja concluída no primeiro semestre de 2020.

Sobre a Ebserh

O HUB-UnB faz parte da Rede Ebserh desde janeiro de 2013. Vinculada ao MEC, a Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh) foi criada em 2011 e, atualmente, administra 40 hospitais universitários federais, apoiando e impulsionando suas atividades por meio de uma gestão de excelência.

Como hospitais vinculados a universidades federais, essas unidades têm características específicas: atendem pacientes do SUS e, principalmente, apoiam a formação de profissionais de saúde e o desenvolvimento de pesquisas. Os hospitais universitários são, por sua natureza educacional, campos de formação de profissionais de saúde. A Rede Hospitalar Ebserh não é responsável pela totalidade dos atendimentos de saúde do país, apenas atua de forma complementar ao SUS.

Fonte
Com informações do HUB-UnB/Ebserh
HUB - UnB
subestação
energia elétrica
contrato de objetivos
pedra fundamental
HUB-UnB
Release