Relações de trabalho

Rede Ebserh lança cartilhas de combate e prevenção ao assédio moral e sexual

ter, 11/02/2020 - 15:33

Material visa incentivar as boas relações entre os empregados e informar sobre como combater e prevenir essas práticas

Lançamento ocorreu na abertura do projeto "Assédio Moral: conscientizar é preciso", realizado na administração central da estatal

Brasília (DF) – Com o objetivo de prevenir e combater casos de assédio moral e sexual, a Rede Ebserh lançou, nesta segunda-feira, 10, a segunda edição da “Cartilha Assédio Moral: Como Prevenir e Combater” e a primeira edição da “Cartilha Assédio Sexual no Trabalho”. As cartilhas visam incentivar as boas relações entre os empregados e informar sobre como combater e prevenir o assédio moral e o assédio sexual no ambiente de trabalho, com orientações e dicas de forma lúdica e de fácil entendimento.

O lançamento ocorreu na abertura do projeto "Assédio Moral: conscientizar é preciso", realizado na administração central da estatal. Foram dois dias de palestras e debates sobre o tema, sendo o primeiro voltado aos colaboradores e o segundo aos gestores. Durante a abertura, o vice-presidente da Rede Ebserh, Eduardo Vieira, afirmou que o evento é um momento de reflexão importantíssimo. “Às vezes, atrás de um assédio moral, de uma agressividade, de um mau tratamento a um funcionário se esconde a incompetência. Muitas pessoas escondem suas deficiências de gestão, de trabalho e de técnica atrás dessa agressividade”, declarou Vieira.

O diretor de Gestão de Pessoas, Rodrigo Barbosa, explicou que os dois documentos lançados para a Rede Ebserh são orientadores e buscam combater o que ele chamou de "chagas para o ambiente de trabalho". “São dois problemas encontrados em organizações públicas e privadas em todo o mundo e que precisam ter um olhar muito cuidadoso por parte da gestão e também por parte dos funcionários e colaboradores”, disse.

Projeto

Esta é a 14ª edição do projeto “Assédio Moral: conscientizar é preciso", iniciado em 2018. No primeiro ano, quatro hospitais receberam as palestras; em 2019, foram nove edições; e na administração central da Rede Ebserh é a primeira de 11 edições a serem realizadas em 2020. A palestra com os colaboradores teve como tema “Sobre limites e pontes: como gerenciar relacionamentos e evitar o assédio moral no trabalho”. Já os gestores participaram da palestra “Gestão sem ansiedade: como evitar o assédio moral no trabalho”.

“Essas palestras servem também para o esclarecimento sobre o que é um assédio moral. Muitas vezes o que se percebe é rixa pessoal, uma reação mais ríspida de um colega ou chefe que é entendida como assédio moral, mas que não é bem isso. O que não significa que o problema não exista. Ele é real e é um problema que esta empresa enfrenta”, ressaltou o diretor de Gestão de Pessoas.

Ambas as palestras foram ministradas pela psicóloga Kátia Lima, servidora do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios (TJDFT) e especialista em gestão de pessoas e psicologia cognitivo comportamental. “Muitas vezes, nós confundimos assédio moral com conflitos, que são próprios da natureza humana e das relações. O assédio moral adoece o trabalhador e precisamos falar sobre isso”, disse a palestrante.

Sobre a Ebserh

Vinculada ao Ministério da Educação (MEC), a Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh) foi criada em 2011 e, atualmente, administra 40 hospitais universitários federais, apoiando e impulsionando suas atividades por meio de uma gestão de excelência.

Como hospitais vinculados a universidades federais, essas unidades têm características específicas: atendem pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS), e, principalmente, apoiam a formação de profissionais de saúde e o desenvolvimento de pesquisas.

Devido a essa natureza educacional, a os hospitais universitários são campos de formação de profissionais de saúde. Com isso, a Rede de Hospitais Universitários Federais atua de forma complementar ao SUS, não sendo responsável pela totalidade dos atendimentos de saúde do país.

Relações de trabalho Rede Ebserh lança cartilhas de combate e prevenção ao assédio moral e sexual

Material visa incentivar as boas relações entre os empregados e informar sobre como combater e prevenir essas práticas

Fonte
Coordenadoria de Comunicação Social da Rede Ebserh
Ebserh Sede
palestra
assédio moral
assédio sexual
cartilha
projeto
kátia lima