Minha História com a Rede Ebserh

“Acho que eu não teria sobrevivido se não tivesse ido para o HU”

Sempre fui uma pessoa muito saudável, nunca tinha sentido nada. Até que em março de 2018, comecei a ter crises de falta de ar. Passei por algumas unidades de saúde, onde fiz exames de sangue que mostravam diversas alterações, inclusive uma anemia muito forte. O médico de uma dessas unidades me encaminhou par o HU-Univasf, disse que lá eu teria o tratamento mais adequado ao meu caso.

Foi o que me salvou, acho que eu não teria sobrevivido se não tivesse ido para o HU. Fui internada no dia 10 de março de 2018, com falta de ar, dores, vômitos e muitas manchas roxas pelo meu corpo. Os médicos, então, passaram a investigar para descobrir a causa. Cogitaram lúpus, vasculite, entre outras várias doenças autoimunes, mas nada foi confirmado.

As dores eram muito fortes, cheguei a tomar morfina. Até que fui internada pela primeira vez na UTI. Depois de várias semanas, voltei para a enfermaria. Estava bem, pensei até que eu receberia alta. Contudo, no domingo de Páscoa, passei mal novamente e voltei para a UTI. Por conta da falta de ar, eu precisava dos aparelhos.

Chegou o meu aniversário (6 de abril) e eu ainda estava lá. E comemorei com a equipe dentro da UTI com música e também fizeram um painel muito bonito com várias fotos. Minhas irmãs e meu namorado também estavam comigo. Foi um momento muito marcante na minha vida, é uma lembrança muito viva em mim.

Foram aproximadamente quatro meses de internação. Precisei ser intubada quatro vezes, passei por vários setores e perdi mais de 13 quilos. Recebi alta, mas permaneço recebendo total assistência do HU, faço acompanhamento médico e tomo os medicamentos no hospital.

Os profissionais do HU foram maravilhosos comigo. Sempre os levarei em minha mente e em meu coração. A minha recuperação foi graças, primeiramente, a Deus e, depois, ao cuidado que eles tiveram comigo. Tenho muito carinho por todos, em especial pela equipe da UTI.

Laisna Martins Santos Ferreira Braz, 25 anos

Sobre a Ebserh

Desde janeiro de 2014, o HU-Univasf faz parte da Rede Ebserh. Vinculada ao Ministério da Educação (MEC), a Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh) administra atualmente 40 hospitais universitários federais. O objetivo é, em parceria com as universidades, aperfeiçoar os serviços de atendimento à população, por meio do Sistema Único de Saúde (SUS), e promover o ensino e a pesquisa nas unidades filiadas.

Criada em dezembro de 2011, a empresa também é responsável pela gestão do Programa Nacional de Reestruturação dos Hospitais Universitários Federais (Rehuf), que contempla ações em todas as unidades existentes no país, incluindo as não filiadas à Ebserh.

HU - Univasf