Apresentação

O Módulo Farmácia compreende o processo de gestão dos medicamentos e engloba atividades de regulação, triagem e dispensação seguindo a regulamentação vigente para a realização de tais atividades. O sistema permite, ainda, a reavaliação, por parte do farmacêutico, do quantitativo da medicação prescrita de acordo com a situação clínica que o paciente apresenta.

Processos contemplados no Módulo Farmácia:

Cadastro - por meio do cadastro é possível incluir informações importantes para a prescrição e dispensação dos medicamentos, como a via de administração, a dose máxima, a apresentação, necessidade de refrigeração, entre outras informações.

Além disso, é possível cadastrar tipos de ocorrência, grupo de uso, tipo de apresentação etc.

A partir da liberação da prescrição médica:

Triagem - consiste em interpretar a prescrição médica e validar as quantidades sugeridas pelo sistema, relacionando as ocorrências conforme a necessidade.
Observação: no momento em que é feita uma ocorrência, o item fica indisponível na tela de dispensação. Para ocorrer a dispensação é necessário entrar na ocorrência e atender diretamente nessa tela (exemplo: relatório dos controlados) ou remover a ocorrência, atender, e depois colocar a ocorrência a que se referia esse atendimento (exemplo: atendimento no balcão).
Na lista de prescrições existem colorações que sinalizam os pacientes ou prescrições que devem ser triados.

Dispensação - após a triagem dos itens, dá-se início ao processo de dispensação, que ocorre por meio da separação dos itens e leitura de código de barras.

Estorno - consiste na devolução do item ao estoque da farmácia e, consequentemente, em sua retirada da conta do paciente. Ocorre através da leitura do código de barras.

Relatórios - o sistema permite a geração de diversos relatórios gerenciais e de consumo, a exemplo de medicamentos fornecidos por paciente, por unidade e por box de atendimento.

Vantagens:

  • O módulo oferece um gerenciamento otimizado tendo em vista o controle dos medicamentos utilizados no hospital, bem como sua dosagem, administração, estorno e informações técnicas pertinentes.  
  • O paciente é beneficiado pelo fato do sistema levar em consideração a quantidade exata a ser dispensada, fazendo com que erros sejam minimizados, tornando, dessa forma, o processo mais seguro.