Notícias sobre o AGHU Notícias sobre o AGHU

Voltar

Hospital de Salvador se prepara para implantação de novos módulos do AGHU

Tecnologia

Hospital de Salvador se prepara para implantação de novos módulos do AGHU

No Hupes, a implantação começou em maio de 2014 com o módulo Pacientes

Salvador (BA) – O Hospital Universitário Professor Edgard Santos da Universidade Federal da Bahia (Hupes-UFBA) se prepara para implantar três novos módulos do Aplicativo de Gestão para Hospitais Universitários (AGHU), sistema de gestão hospitalar adotado como padrão para todos os hospitais universitários federais da Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh).

Os novos módulos são Ambulatório Administrativo e Assistencial, Prescrição Médica e Cirurgias. O objetivo do AGHU é apoiar a padronização das práticas assistenciais e administrativas dos hospitais da rede Ebserh e permitir a criação de indicadores nacionais, o que facilitará a implementação de programas de melhorias comuns para todos.

Atualmente o AGHU tem 16 módulos disponíveis e a sua a implantação no Hupes começou em maio de 2014, com o módulo Pacientes. Em julho de 2015, foram implantados a Internação, Prescrição de Enfermagem e Controles do Paciente. Agora o Hospital

Os módulos Ambulatório Administrativo e Assistencial serão responsáveis por gerenciar o atendimento realizado pelos diversos profissionais que atuam na organização das agendas das recepções ambulatoriais, planejando e mantendo as grades de atendimento em conformidade com o disponibilizado. Além disso, abarca também os registros do serviço assistencial ao paciente, favorecendo futuras consultas e o prosseguimento da assistência ambulatorial para a continuidade do tratamento.

O módulo de Prescrição Médica constitui-se no ato da distribuição de direcionamentos a partir do médico. O de Cirurgias permitirá, além do agendamento adequado do procedimento, medir o tempo, descrever o procedimento, calcular os custos e subsidiar o faturamento.

NIS e SIS

Para dar suporte à migração do sistema, a equipe de governança de cada hospital instituiu o Núcleo de Informática em Saúde (NIS), composto por usuários chave de cada área. Esses profissionais são responsáveis por liderar as implantações, treinar suas unidades, bem como responder a dúvidas sobre o sistema.

O hospital também deverá instituir um grupo para Suporte à Implantação e Sustentação de Sistemas (SIS), orientado pelo Setor de Gestão de Processos e Tecnologia da Informação (SGPTI). O SIS é uma equipe multidisciplinar composta por profissionais de saúde, administrativos e de tecnologia.

Com informações do Hupes