Minha História com a Rede Ebserh Minha História com a Rede Ebserh

O projeto “Minha História com a Rede Ebserh” apresenta relatos de superação e a trajetória até a cura dos pacientes atendidos pelos nossos hospitais universitários federais. É o seu trabalho mudando a vida de quem mais precisa!

Voltar

"Penso em fazer uma faculdade para trabalhar aqui"

Minha História com a Rede Ebserh

"Penso em fazer uma faculdade para trabalhar aqui"

Imagem

"Sempre quis ganhar Helena aqui [Hucam-Ufes, em Vitória-ES], mas só poderia se o parto fosse de risco. Foi então que, com 20 semanas de gravidez, descobri que estava com o vírus da Zika.

Até então, queria que fosse parto normal. Quando senti as primeiras contrações, fui correndo ao Hucam. Isso foi no dia 31 de maio. A enfermeira me apresentou o parto humanizado. No dia 2 de junho, fui fazer o exame de ultrassom e a médica notou uma alteração: excesso de líquido amniótico. Fui internada com a roupa do corpo. Acharam que era diabete gestacional, o que não se comprovou.

Não tenho do que reclamar. Como Helena nasceu de cesariana de emergência, não quis mamar. No período em que fiquei internada, precisava das meninas do Banco de Leite. Tive muita ajuda delas, sou muito grata ao Hospital das Clínicas [Hucam]. Não penso em ter mais filhos, mas se tivesse, queria que fosse aqui, porque não dão só o suporte físico, dão o suporte emocional também. Muitas vezes chegava aqui desesperada, achando que não conseguiria amamentar. Agora, Helena está chegando aos 10 meses, e o principal para o desenvolvimento dela foi conseguir mamar.

Agradeço aos residentes, aos profissionais que estão formados. Penso até em fazer uma faculdade para trabalhar aqui, porque foi uma atividade que admirei muito. Penso em ajudar outras mães.

Daqui só tenho coisas boas a falar. Sempre tinha alguém do lado, respeitando a minha vontade de ter o parto mais humanizado possível."

Aline Marx Oliveira, 28 anos, desenhista de projetos

Sobre a Ebserh

O Hospital Universitário Cassiano Antonio Moraes da Universidade Federal do Espírito Santo (Hucam-Ufes) faz parte da rede da Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh), estatal vinculada ao Ministério da Educação que atualmente administra 39 hospitais universitários federais. O objetivo é, em parceria com as universidades, aperfeiçoar os serviços de atendimento à população, por meio do Sistema Único de Saúde (SUS), e promover o ensino e a pesquisa nas unidades filiadas.