Minha História com a Rede Ebserh Minha História com a Rede Ebserh

O projeto “Minha História com a Rede Ebserh” apresenta relatos de superação e a trajetória até a cura dos pacientes atendidos pelos nossos hospitais universitários federais. É o seu trabalho mudando a vida de quem mais precisa!

Voltar

“Se não fosse o hospital, minha filha teria perdido um dos olhos”

Minha História com a Rede Ebserh

“Se não fosse o hospital, minha filha teria perdido um dos olhos”

Imagem

Quando a minha filha Maria Adriane, hoje com 11 anos, tinha apenas pouco mais de um ano de vida, surgiu uma úlcera de córnea que, depois de um tempo, estourou e infeccionou todo o olho dela. Nós moramos no município de Castanhal e o médico de lá descobriu o problema e nos mandou para o Bettina [Hospital Universitário Bettina Ferro de Souza – HUBFS] por causa de uma infecção que já estava passando para o cérebro. A indicação dele era para retirar o olho antes que prejudicasse ainda mais a saúde dela.

Quando chegamos no hospital, ela foi atendida pelo Dr. Jesu Sisnando que passou uma série de remédios até marcar o dia da cirurgia, o que aconteceu dentro de cinco dias. No dia da operação, a equipe levou minha filha para a sala de cirurgia e voltou logo em seguida. Como eu estava muito nervosa, acabei desmaiando, achando que tinha acontecido alguma coisa com ela. Mas, depois de acordada, o médico disse que era para eu ficar tranquila porque tinha boas notícias: não existia mais infecção no olho e ela poderia até fazer o transplante de córnea.

Então, ele me mandou voltar para casa e aguardar ser chamada pelo hospital para o transplante. Sei que foi um milagre tão bom que, com sete dias, ligaram para mim, pois já tinham uma córnea compatível para ela, que fez o transplante. Desde então, minha filha faz acompanhamento no Bettina. Sei que se não fosse o apoio de toda equipe, ela não estaria mais enxergando e até teria perdido o olho. Eu só tenho a agradecer a todos os profissionais do Bettina!

Francisca Adriane Pereira Moraes
Mãe de Maria Adriane, paciente do HUBFS-UFPA

Sobre a Ebserh

Desde outubro de 2015, o HUBFS-UFPA faz parte da Rede Ebserh. Vinculada ao Ministério da Educação, a Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh) atua na gestão de hospitais universitários federais. O objetivo é, em parceria com as universidades, aperfeiçoar os serviços de atendimento à população, por meio do Sistema Único de Saúde (SUS), e promover o ensino e a pesquisa nas unidades filiadas.

A empresa, criada em dezembro de 2011, administra atualmente 40 hospitais e é responsável pela gestão do Programa Nacional de Reestruturação dos Hospitais Universitários Federais (Rehuf), que contempla ações em todas as unidades existentes no país, incluindo as não filiadas à Ebserh.