Minha História com a Rede Ebserh Minha História com a Rede Ebserh

O projeto “Minha História com a Rede Ebserh” apresenta relatos de superação e a trajetória até a cura dos pacientes atendidos pelos nossos hospitais universitários federais. É o seu trabalho mudando a vida de quem mais precisa!

Voltar

“Estou pronto para retomar a minha vida e começar tudo de novo”

Minha História com a Rede Ebserh

“Estou pronto para retomar a minha vida e começar tudo de novo”

Imagem

Cheguei no Hospital Universitário da Universidade Federal de Santa Catarina (HU-UFSC) com 34 anos de idade. Tudo começou quando eu comecei a ficar inchado, passar mal; daí procurei um médico em minha cidade, Imbituba (SC). Ele desconfiou de apendicite, mas logo depois dos exames fui diagnosticado com cirrose hepática.

Fui encaminhado para o HU de Florianópolis e comecei o tratamento. Logo depois que fui curado da hepatite, fiz os exames e fui indicado para o transplante de fígado. Isso me trouxe muito medo, mas também muita expectativa.

Tive de esperar por dois meses e, neste período, foram três chamadas. Nas duas primeiras vezes, o fígado do doador não pode ser usado. Achei que demoraria muito mais, mas logo fui chamado pela terceira vez e deu tudo certo, graças à Deus.

Hoje, com 36 anos, estou pronto para retomar a minha vida, começar tudo de novo, graças ao transplante. Quero ter uma vida normal, voltar a trabalhar. Sei que terei de fazer um acompanhamento de saúde para toda a vida, mas também sei que vou poder ter uma vida normal.

Cristiano Souza Pacheco
Paciente do HU-UFSC

Sobre a Ebserh

Desde março de 2016, o HU-UFSC faz parte da Rede Ebserh. Vinculada ao Ministério da Educação, a Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh) atua na gestão de hospitais universitários federais. O objetivo é, em parceria com as universidades, aperfeiçoar os serviços de atendimento à população, por meio do Sistema Único de Saúde - SUS, e promover o ensino e a pesquisa nas unidades filiadas.

Criada em dezembro de 2011, a empresa administra atualmente 40 hospitais e é responsável pela gestão do Programa Nacional de Reestruturação dos Hospitais Universitários Federais (Rehuf), que contempla ações em todas as unidades existentes no país, incluindo as não filiadas à Ebserh.