Notícias Notícias

Voltar

Regulação assistencial é discutida em visita técnica ao hospital de São Luís

Experiência

Regulação assistencial é discutida em visita técnica ao hospital de São Luís

Objetivo foi conhecer boas práticas para a implantação de modelo de gestão da oferta da Catalunha

São Luís (MA) – O Hospital Universitário da Universidade Federal do Maranhão (HU-UFMA) recebeu, na última semana, visita técnica referente à primeira fase do Projeto de Expansão do Modelo de Regulação Assistencial, criado pela Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh), em que a unidade hospitalar atua como multiplicadora.

Profissionais da sede da Ebserh, do Hospital Universitário da Universidade Federal de Juiz de Fora (HU-UFJF) e do Hospital Universitário Cassiano Antonio de Moraes da Universidade Federal do Espírito Santo (Hucam-Ufes) conheceram de perto a realidade do HU-UFMA de acordo com as mudanças que o projeto proporcionou. Na oportunidade, ficaram imersos nos circuitos da gestão da oferta no âmbito do ambulatório, internação, bloco cirúrgico e arquivo/documentação clínica.

A gestão da oferta tem o objetivo de implantar dispositivos de regulação assistencial centrados na atenção das necessidades do paciente, o que possibilita um atendimento mais humanizado, já que o hospital organiza o acesso do paciente à unidade seguindo critérios como prioridades clínicas, de forma justa.

A superintendente do HU-UFMA, Joyce Lages, destacou que esse é um momento importante não só para a instituição como para toda a Rede Ebserh. “Nós estamos trazendo para o Brasil um conhecimento que não existe aqui, algo inovador. Não estamos melhorando só o nosso processo assistencial, mas estamos produzindo um conhecimento novo no país a partir desse modelo de gestão. É um momento de rico aprendizado, de troca de experiências, que muito nos fortalece enquanto rede”, pontuou a gestora.

Saiba mais

O HU-UFMA foi um dos três hospitais da Rede Ebserh que participaram, entre 2015 e 2016, do Projeto Catalunha, para a implantação do modelo de gestão da oferta adotado em hospitais da Espanha. Esse modelo será implantado gradativamente em todos os 39 hospitais federais universitários filiados à estatal. A metodologia utilizada passará por cinco fases e terá duração total de um ano.

A primeira fase, que já está sendo realizada, é a de sensibilização do hospital participante com a capacitação dos membros do núcleo operativo e atividades introdutórias para as demais fases. Na segunda fase, acontece a análise situacional com a aplicação de instrumento de diagnóstico para que se estabeleça uma linha-base para comparação futura. A terceira fase é voltada para a elaboração dos planos de trabalho. Já a quarta fase visa a implantação do modelo com a operacionalização dos planos de trabalho. E a quinta e última fase é destinada ao monitoramento do projeto.

Sobre a Ebserh

Desde janeiro de 2013, o HU-UFMA é filiado à Ebserh, estatal vinculada ao Ministério da Educação que administra atualmente 39 hospitais universitários federais. O objetivo é, em parceria com as universidades, aperfeiçoar os serviços de atendimento à população, por meio do Sistema Único de Saúde (SUS), e promover o ensino e a pesquisa nas unidades filiadas. 

O órgão, criado em dezembro de 2011, também é responsável pela gestão do Programa Nacional de Reestruturação dos Hospitais Universitários Federais (Rehuf), que contempla ações nas 50 unidades existentes no país, incluindo as não filiadas à Ebserh.

Com informações do HU-UFMA