Relatos de Quem Cuida Relatos de Quem Cuida

O projeto “Relatos de quem cuida” apresenta histórias de atendimentos de saúde marcantes na vida dos colaboradores (funcionários, estudantes, residentes, professores) dos hospitais da Rede Ebserh. É o trabalho de pessoas que se dedicam para mudar a vida de quem mais precisa!

Voltar

“O paciente quis seguir o mesmo caminho que o meu: a enfermagem”

Relatos de quem cuida

“O paciente quis seguir o mesmo caminho que o meu: a enfermagem”

Imagem

Quando penso em minha experiência na assistência do Hospital das Clínicas da UFMG, vários rostos de pacientes vêm a minha mente. De alguns sou capaz de lembrar até mesmo da voz, como a do paciente Átila Emiliano, hoje com 24 anos. Ele deu entrada na UTI em março de 2015 para tratar intercorrências de uma doença degenerativa do sistema neurológico chamada Miastenia Gravis. Foram 50 dias de cuidado intensivo. Durante esse tempo, Átila foi diagnosticado com um grave quadro infeccioso, respirou com ajuda de aparelhos e fez uso de medicamentos em altas doses para manter uma pressão arterial mínima.

A nossa unidade sempre incentiva a participação da família durante o tratamento. Lembro-me que, durante as visitas, o pai dele, que é pastor evangélico, fazia belas orações para o filho e outros pacientes internados. Quando Átila já estava um pouco melhor, a noiva passava horas com ele jogando tabuleiro. O mais engraçado é que o rapaz, mesmo acamado, sempre queria nos ajudar. Ele dava notícia de tudo o que acontecia no quarto, inclusive do quadro de saúde dos outros pacientes.

Enquanto enfermeiro, é muito gratificante relatar casos de sucesso e ver os pacientes realizando os seus sonhos do lado de fora do hospital. Na UTI do HC-UFMG, o enfermeiro assume o cuidado direto do paciente à beira leito, o que proporciona maior vínculo entre profissional e paciente. 

Um ano após a alta de Átila, recebi uma mensagem dele, por meio de uma rede social, me contando sobre o seu casamento (foto). Ele também me contou sobre a abertura do próprio negócio, uma empresa de design em Coronel Fabriciano, sua cidade natal. Há cerca de uma semana, voltamos a conversar e, para minha surpresa, ele contou que pretende prestar vestibular, neste ano, para enfermagem. Segundo ele, após viver tudo o que viveu no Hospital das Clínicas, teve a certeza de que queria seguir o mesmo caminho que o meu.

Jaime de Oliveira Campos Júnior
Enfermeiro – UTI adulto – HC-UFMG

Sobre a Ebserh

Desde dezembro de 2013, o HC-UFMG faz parte da Rede Ebserh. Estatal vinculada ao Ministério da Educação, a Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh) administra 39 hospitais universitários federais. O objetivo é, em parceria com as universidades, aperfeiçoar os serviços de atendimento à população, por meio do Sistema Único de Saúde (SUS), e promover o ensino e a pesquisa nas unidades filiadas.

A empresa, criada em dezembro de 2011, também é responsável pela gestão do Programa Nacional de Reestruturação dos Hospitais Universitários Federais (Rehuf), que contempla ações em todas as unidades existentes no país, incluindo as não filiadas à Ebserh.