Relatos de Quem Cuida Relatos de Quem Cuida

O projeto “Relatos de quem cuida” apresenta histórias de atendimentos de saúde marcantes na vida dos colaboradores (funcionários, estudantes, residentes, professores) dos hospitais da Rede Ebserh. É o trabalho de pessoas que se dedicam para mudar a vida de quem mais precisa!

Voltar

“Aprendi quanto poder temos para escrever a própria história”

Relatos de quem cuida

“Aprendi quanto poder temos para escrever a própria história”

Imagem

Meu relato é sobre dar e receber. Sou mastologista há sete anos. Já fiz parte de histórias incríveis de muitas mulheres. Geralmente, o meu primeiro contato com a paciente é um momento de sofrimento. Ela chega ao ambulatório da Maternidade-Escola Assis Chateaubriand (Meac) com câncer e me cabe dar a ela esse diagnóstico.

Um ano depois, se o tratamento foi bem-sucedido, o que vejo diante de mim é uma mulher renovada. Muda tudo: o semblante é mais sereno, a voz é mais suave, a postura mais confiante. Mas o que realmente rege toda essa mudança é a cabeça: uma mulher que, da dor, tira lições de amor. Que relata valorizar o que realmente importa na vida: a família, a saúde, o fazer o bem.

Essa experiência me faz igualmente diferente. Cresço com a luta de cada paciente. Choro a perda, celebro a cura. Mas, acima de tudo, aprendo com cada uma delas que temos o poder de ser felizes, independentemente das circunstâncias. Eu passo orientações sobre tratamento, mas são elas quem mais me ensinam sobre a vida. E o que mais aprendo é quanto poder cada uma de nós tem para escrever a própria história.

Cristiane Coutinho

Chefe do Ambulatório de Mastologia – Meac-UFC

(Foto com a paciente Alkeny Tavares da Silva - à esq.)

Sobre a Ebserh

Desde novembro de 2013, o a Meac-UFC faz parte da Rede Ebserh. Estatal vinculada ao Ministério da Educação, a Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh) atua na gestão de hospitais universitários federais. O objetivo é, em parceria com as universidades, aperfeiçoar os serviços de atendimento à população, por meio do SUS, e promover o ensino e a pesquisa nas unidades filiadas.

A empresa, criada em dezembro de 2011, administra atualmente 39 hospitais e é responsável pela gestão do Programa Nacional de Reestruturação dos Hospitais Universitários Federais (Rehuf), que contempla ações em todas as unidades existentes no país, incluindo as não filiadas à Ebserh.