Relatos de Quem Cuida Relatos de Quem Cuida

O projeto “Relatos de quem cuida” apresenta histórias de atendimentos de saúde marcantes na vida dos colaboradores (funcionários, estudantes, residentes, professores) dos hospitais da Rede Ebserh. É o trabalho de pessoas que se dedicam para mudar a vida de quem mais precisa!

Voltar

“Nossas risadas foram ganhando espaço, contagiando a todos”

Relatos de quem cuida

“Nossas risadas foram ganhando espaço, contagiando a todos”

Imagem

Sou terapeuta ocupacional há pouco mais de dois anos e trabalho pela Ebserh no Hospital Universitário de Lagarto desde setembro de 2017. A minha atuação enquanto terapeuta ocupacional se dá pela análise e utilização de atividades para a reabilitação e adaptação, com o objetivo de favorecer a participação dos indivíduos nas suas atividades de vida diária e outras atividades significativas. Dentre as várias histórias envolvendo a relação terapeuta-paciente nesse hospital, uma se destacou e permanece em meus pensamentos.

Ao chegar à enfermaria e realizar uma busca ativa pelos pacientes, encontrei uma senhora com um rosto conhecido. Já a havia visto em outra enfermaria, mas ela estava sendo acompanhada por uma residente, e eu fiz apenas a supervisão de um atendimento. Como sabia um pouco de sua história, passei a atendê-la. Esta senhora de 80 anos de idade – deitada em seu leito e com um olhar assustado – apresentava dificuldades para realização de suas atividades, incluindo aquelas de vida diária como comer, pentear o cabelo e tomar banho, devido ao seu diagnóstico de insuficiência cardíaca.

Por meio do acolhimento e escuta qualificada, a paciente pôde se expressar, permitindo que traçássemos o seu plano de tratamento a partir de sua particularidade, necessidades e questões. Começamos, então, a construção do nosso vínculo terapeuta-paciente. Durante as orientações e os treinos de atividades de vida diária, conversávamos sobre sua vida; nossas risadas foram ganhando espaço, contagiando toda a enfermaria. Suas acompanhantes, filha e nora, falavam: “ela deve gostar muito de você, ela não é assim com todo mundo”.

Após quase dois meses internada e sendo acompanhada por uma equipe multiprofissional, a paciente recebeu alta e em meio à felicidade em ir para casa, quis se despedir e compartilhar seu momento de felicidade comigo. Com um sorriso largo no rosto, ela me abraçou e agradeceu pelos momentos juntos. Foi embora com aquele contentamento no rosto e as orientações “embaixo do braço”. Fiquei com a certeza de que fiz o meu trabalho de forma coerente e humanizada.

Felipe Douglas Silva Barbosa - Terapeuta Ocupacional

Hospital Universitário de Lagarto - UFS

Sobre a Ebserh

Desde dezembro de 2015, o HUL-UFS é filiado à Rede Ebserh. Estatal vinculada ao Ministério da Educação, a Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh) administra atualmente 40 hospitais universitários federais. O objetivo é, em parceria com as universidades, aperfeiçoar os serviços de atendimento à população, por meio do SUS, e promover o ensino e a pesquisa nas unidades filiadas.

A empresa, criada em dezembro de 2011, também é responsável pela gestão do Programa Nacional de Reestruturação dos Hospitais Universitários Federais (Rehuf), que contempla ações em todas as unidades existentes no país, incluindo as não filiadas à Ebserh.