Releases Releases

Voltar

Liberados R$ 80 milhões para hospitais universitários federais

Recursos extras

Liberados R$ 80 milhões para hospitais universitários federais

Aporte extraordinário é proveniente do Rehuf e liberado pelo Ministério da Saúde

Brasília (DF) – Os hospitais universitários federais já podem contar com o reforço de R$ 80 milhões provenientes do Programa Nacional de Reestruturação dos Hospitais Universitários Federais (Rehuf), gerido pela Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh), instituição vinculada ao Ministério da Educação (MEC).  A verba foi liberada e encontra-se à disposição dos hospitais que apresentarem projetos para a aplicação dos recursos. Trata-se de  suplementação orçamentária, liberada pelo Ministério da Saúde (MS) e anunciada em março deste ano.

Esse aporte excepcional soma-se ao valor anual originalmente previsto no orçamento. O complemento financeiro se alia ainda à regularidade na liberação dos recursos do programa, o que proporciona maior previsibilidade de ações e planejamento por parte dos hospitais, como explica o vice-presidente da Rede Ebserh, Paulo Henrique Costa.

“É um fator importante, pois conseguimos agilizar o fluxo de descentralização de recursos do MS. Além disso, esse é um ano marcante, pois pela primeira vez efetuamos repasse na primeira semana de janeiro e estamos mantendo uma regularidade mensal de descentralizações. Dessa forma, os hospitais podem se programar para melhor alocar os recursos”, finalizou.

Em 2018, o Rehuf já liberou de cerca de R$ 219,6 milhões, somados os recursos do MS e do MEC. O orçamento total previsto no ano é de R$ 851,6 milhões, incluindo esse aporte extraordinário.

Sobre a Ebserh

Vinculada ao MEC, a Ebserh administra atualmente 40 hospitais universitários federais. O objetivo é, em parceria com as universidades, aperfeiçoar os serviços de atendimento à população, por meio do Sistema Único de Saúde (SUS), e promover o ensino e a pesquisa nas unidades filiadas. A empresa, criada em dezembro de 2011, também é responsável pela gestão do Rehuf, que contempla ações em todas as unidades existentes no país, incluindo as não filiadas à Ebserh.

Coordenadoria de Comunicação Social da Ebserh